23 de out de 2009

Vozes da sedução

Neste fim de semana, enquanto Porco e Pyrata finalizam o novo EP do Grupo Porco, eu, Batista, caio pra Uberlândia pra acompanhar a segunda noite e o terceiro dia do Jambolada. Mas antes, como pretendido, mais um texto nessa sexta maravilhosa.


Vozes da sedução

Os sussurros lhe viam ao ouvido: "entregue-se às formas", e ele se sentia compelido a ir. Vento no rosto, cheiro convidativo. Olhava para o céu e só conseguia sentir o prazer. E novamente lhe vinha a voz: "dance com as cores", e lá ia ele sentindo um inexplicável comichão nas idéias, um sedução quase tão intensa quanto a que leva jogadores de futebol a sair com travecos. "Faça a marca" dava ouvidos o menino àquela voz, "sinta a dor" dizia como se fosse um chernobita, "venha e deite-se aqui", foi o que ele ouviu quando não mais resistiu.

Mais tarde em casa, sua mãe gritava "Menino! Você tatuou uma piroca com asas no peito!" e ele aos prantos respondia "Fui enganado mãe, é que ele me disse tanta coisa bonita..."



Its not a Mermaid, it's a Merman!

Nenhum comentário: