26 de jul de 2010

Rock pelo Niemeyer 2

Márcio Jr., um dos arcanos do Mechanics e da Monstro Discos me avisou por e-mail que

"Ontem tinha mais de 1000 pessoas no Rock Pelo Niemeyer. Tivemos que terminar mais cedo porque a coisa ficou perigosa. Rodovia canseira e molecada doida correndo na frente dos carros. Mais uma vez, mostramos o tamanho do nosso simpático pau. Estamos nas ruas, fazendo som pra maluco e cobrando aquilo que é de direito do povo. No que isso vai dar? Já deu e continua dando: vamos lentamente mostrando que a moçada não é um bando de idiotas. Ou ao menos não é só isso. Rock (de verdade) é coisa séria."

Pra quem não sabe grupos culturais da cidade têm lutado contra o descaso do governo Goiano com o espaço, que é sub-utilizado mas tem potencial para ser uma das principais referências culturais de Goiânia.

Publico a peleja dos goianos pois aqui em BH temos uma parecida contra a Prefeitura, desde que foi decretado de que a Praça da Estação não está mais acessível ao público e aos grupos artísticos da cidade, a não ser que se pague 10 mil reais por dia para uso do espaço.

Agora a Coca-cola pode usar o espaço e a prefeitura pode criar eventos e vender cotas de patrocínio para empresas exporem suas marcas, mas os grupos teatrais, de dança e música não podem se apresentar gratuitamente (há não ser que paguem 10 mil reais) para o público. Uma roda de violão de amigos já chama a atenção dos guardas que averiguam o que está acontecendo, e a população que usa o lugar como simples espaço de lazer ganhou a pecha de manifestante.

Então continuemos ligado a questão, e percebendo como as turmas da música (e não só da música claro) tem se juntado para tratar de política.

Acesse http://pracalivrebh.wordpress.com - para saber mais sobre a Praça Livre.

E clique abaixo para ver o clipe novo do Mechanics e imaginar o barulho que foi feito em GO durante o Rock pelo Niemeyer.



Boa semana.

23 de jul de 2010

21 de jul de 2010

Lançamento do Festival Transborda.

Opa,

Os Coletivo Pegada convidam a çoçedade para festão no Estúdio Bar com os Dead Lovers e o Rockz, essa quinta, lançando o festival transborda que acontece aqui em BH em Setembro.

Entre as atrações confirmadas e ídolo Lucas Santanna e os juvenis do Leptospirose.

Mais legal de tudo é que ganhei camisa e ingresso numa promo deles. Vou de grátis.

Se liga no serviço:

Barro de Fogo - IV

Você já me perdeu tem muito tempo...

Volta pra mim, por favor. Eu te amo.

Senta aqui, vamo conversar.

Tarde demais.

Já estou com outra pessoa.



Outra pessoa com um piru maior que o seu.



Foi mal. O piru dele é enorme e veiudo.



Não guento nem sentar direito.

20 de jul de 2010

Barro de Fogo - III

Queria poder voltar ao passado e consertar tanta coisa...

Todo mundo queria, amiga.

As vezes eu paro e fico pensando em todas as vezes que eu falei e fiz merda.

Me dá uma vergonha de mim.

Isso é normal!

Aprendemos com nossos erros.

Eu podia pelo menos não ter dado para o meu avô.

Dado o que?

Ai amiga. Uma vez eu transei meu avô.



Nossa amiga...

Eu sei...

Seu avô é gato.

Eu sei...

Another morning stoner

Terça de manhã(hoje), 8h15 da manhã, no Café Nice, entra uma mina imunda andando de muleta. Vai passando por todos os clientes pedindo moedas. Uns dizem não, outros ignoram, um dá, e ela chega em mim:

- Oi me dá uma moeda moço.

- Não.

- Olha você é igual eu, também não gosta de pentear o cabelo não. Mas eu uso boné (aponta para o boné).

- Sim, não gosto de pentear o cabelo (e vendo que ela tinha uma tatuagem na perna) e também gosto de tatuagens.

- Em você ou nos outros?

- Em mim e nos outros.

- Eu tenho 18 só que pequeninhas, olha só essa (mostra a mão).

- Hum, legal (Na verdade um losango preto).

- Tão todas espalhadas no corpo, tenho até na perseguida.

Virou e foi embora, e eu fiquei com um café e um pão de queijo na mão, meio com nojo e sem apetite.

E ela tinha acabado de se vingar.

19 de jul de 2010

Barro de Fogo - II

Minha vida tá uma bosta...

O que tá acontecendo cara?

Não sinto prazer em nada, ando me sentindo só, que a minha vida não tem propósito.

Tem uma menina que mora aqui na frente que consegue enfiar um desentupidor inteiro na sua bunda.



Me disseram que ela canta Alejandro da Lady Gaga enquanto enfia o cabo até a parte de borracha encostar na sua bunda.

E qual é a relação disso com o  que eu acabei de falar?

Nenhuma. Só to repetindo o que me disseram.



Parece bom.