28 de out de 2009

Fadarobocoptubarão na sua casa

Não, o Fadarobocoptubarão não vai na sua casa de verdade, é que nosso menino baterista, o Chico, tá jogando charme e muito rock de maneira subliminar nos lares mineiros participando da propaganda abaixo. Assim, quando te der uma vontade louca de baixar o disco do Fada, a culpa é do mago da telepatia Francisco Vianna, o Vianinha.

26 de out de 2009

PARA TUDO PORRA!

Daki a pouco o Batista se recupera da sua maravilhosa e cósmica ida para Uberlândia, e vem postar das suas aventuras rockisticas e etílicas no Jambolada.

Mas antes disso, quero que vocês vejam o clipe, da gloriosa horda Yun Fat.
A melhor banda baiana, viva, desde a Cia. do Pagode.


Aconselho visitar o perfil do myspace dos caras e escutar a maravilhosa "Real Love Song". A música com o verdadeiro uíiiuíiii brasileiro. Minha música preferida do disco "Action Movie Stunts Get To Die".

23 de out de 2009

Vozes da sedução

Neste fim de semana, enquanto Porco e Pyrata finalizam o novo EP do Grupo Porco, eu, Batista, caio pra Uberlândia pra acompanhar a segunda noite e o terceiro dia do Jambolada. Mas antes, como pretendido, mais um texto nessa sexta maravilhosa.


Vozes da sedução

Os sussurros lhe viam ao ouvido: "entregue-se às formas", e ele se sentia compelido a ir. Vento no rosto, cheiro convidativo. Olhava para o céu e só conseguia sentir o prazer. E novamente lhe vinha a voz: "dance com as cores", e lá ia ele sentindo um inexplicável comichão nas idéias, um sedução quase tão intensa quanto a que leva jogadores de futebol a sair com travecos. "Faça a marca" dava ouvidos o menino àquela voz, "sinta a dor" dizia como se fosse um chernobita, "venha e deite-se aqui", foi o que ele ouviu quando não mais resistiu.

Mais tarde em casa, sua mãe gritava "Menino! Você tatuou uma piroca com asas no peito!" e ele aos prantos respondia "Fui enganado mãe, é que ele me disse tanta coisa bonita..."



Its not a Mermaid, it's a Merman!

Ah, se no Faustão fosse assim...

Caralho, viram esse baterista tocando?



Vi aqui. Lembrando qu se gostou do v[ideo vai gostar de assistir (ao vivo) isso aqui também.

21 de out de 2009

Legbam, Fadarobocoptubarão, DJ Leo Pyrata, A obra e cortesias

Mais um show da banda que anda preocupando BH.
Desta vez com a trupe stoner Legbam!
Então mamífero, se você curte um roque stoner, caminhoneiro, com bafo de Malboro...
Avisa a gente, devem rolar 100 cortesias, separamos uma para você!



http://www.myspace.com/legbam
http://www.myspace.com/fadarobocoptubarao

20 de out de 2009

NOVIDADE! NOVIDADE! NOVIDADE! FRITANTE!!!


VOCÊ É

JOVEM AINDA?
JOVEM AINDA?
JOVEM AINDA?

!!!SIM!!!!!!SIM!!!
!!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!!


ACHA QUE O IMPORTANTE É SER
BIZARRO
?
BIZARRO?
BIZARRO?

!!!SIM!!!!!!SIM!!!
!!!SIM!!!!!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!!

MACHUCA QUANDO SENTE
DOR
?
DOR?
DOR?

!!!SIM!!!!!!SIM!!!
!!!SIM!!!!!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!!


QUERENDO DESCULPA PRA
FAZER MERDA
?
FAZER MERDA?
FAZER MERDA ?

!!!SIM!!!!!!SIM!!!
!!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!!


CANSOU DE SENTIR SEU MÉDICO
TE MOLESTANDO
?
TE MOLESTANDO?
TE MOLESTANDO ?

!!!SIM!!!!!!SIM!!!
!!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!! !!!SIM!!!


ENTÃO USE

ÓXIDO NITROSO TODOS OS DIAS!!!

O CRACK DA CLASSE MÉDIA!


NÃO VICIA!!! NÃO VICIA!!!

E O MELHOR:

PERMITIDO PELA ANVISA!!!


É MASSA TIO!!!


QUERO ESSA PORRA
TODOS OS DIAS MAMÃE!


PROCURE SUA HEADSHOP, DENTISTA OU
AMIGO COLOMBIANO FAVORITO E GARANTA O SEU!


POM-POM-POM-POM / FLYING DICKS OF LOVE / POM-POM-POM-POM

17 de out de 2009

Óxido Nitroso, o crack da classe média

Nesse vídeo você vê: Matias Maxx de lado, Evandro Quebraqueixo deixando a merla para usar outra droga, El Cerdo gritando BelelÉu assustando os passantes que olhavam nosso stand no FIQ e uma breve explanação sobre como se divertir com esse gás. Clica aí.



Como indicado pelo Matias, taí o David After Dentist. É velho, mas pra quem não viu...



E lembrem-se: Se não tá lista da Anvisa, tá valendo!

16 de out de 2009

O minino e a Frera.

Luizaura é freira, velhinha, e atende em seu convento toda mazela que encontra pelas ruas de Belo Horizonte.

Certo dia Luizaura encontra Nestor, e olha para aquela criança imunda, babada, com as calças meio arriadas jogada no chão. Sua miopia deixava o menino ainda mais borrado, e a sujeira ficava ainda mais intensa.

- Venha cá meu menino - disse a freira, segurando a mão de Nestor e o ajudando a levantar.

Nestor mudo, olhos vermelhos, levantou e se deixou guiar pela velhinha vestida de forma estranha, e não pode deixar de pensar em como seria engraçado se aquelas roupas fossem o uniforme oficial da polícia. Mas como nunca ria, não achou graça da própria piada.

No convento, Luizaura disse ao menino que lhe daria comida, cama e estudo, mas antes lhe daria banho. Acostumado a andar todo cagado, com farrapos roubados de mendigos, Nestor não teve problema em se despir na frente da velhinha e entrar na banheira.

Luizaura pegou sabão, bucha, álcool e se ajoelhou ao lado do garoto para lhe esfregar. Esfregou as costas, esfregou os braços, esfregou os joelhos, e na hora de esfregar o pau sentiu na mão uma imensa muca de pentelhos.

- Quantos aninhos o meninho tem? - perguntou Luizaura.

- Quorenta - uma voz grossa como barba mal feita de travesti saiu da garganta de Nestor.

Miope e meio surda, Luizaura não se deu conta, e continuou a lavar Nestor, o mendigo anão mais conhecido do eixo R. da Bahia com Tamóios.

Fim.


Seu Jorge, 40 anos, "músico", ex-criança
mimada por freiras em convento.


Bom, começou, vou escrever alguma coisa aqui toda sexta-feira. Consiga ou não, farei isso. Talves isso se chame algo como Contos da Sesta-pheira, ou algo escroto assim.
Abs.

15 de out de 2009

Etiqueta de motel...

Não vamos abordar toda a etiqueta que se deve seguir quando se está com algum mamífero em um quarto de motel. Não acreditamos que o nosso público tenha vida sexual o suficiente para se preocupar com isso.

O que definitivamente NÃO dizer ao seu parceiro em um quarto de motel.
*Válido para qualquer tipo de mamífero tranzável


Esse quarto me lembra a época que morei com um tio meu.


Essa cama lembra a minha infância.


Te contei que fui estrupado pelo meu pai quando era recém-nascido?


Vamos rezar e agradecer por esse momento de louvor e adoração? Amém. Aleluia. Assim Será?


Fiz um post no meu blog sobre isso. Vou atualizar o twitter assim que a gente acabar.


Espera um pouquinho, preciso ficar bem drogado pra te transar.


Me chama de "Fetinho Podre", enquanto a gente transa?


Sabe o que eu sempre penso quando venho em motel? Filhos!


O que será que a minha avó tá fazendo neste exato momento?


Curte pironecrobestialidade?


Mantenho um relacionamento sério com o Alexandre Frota.


Vamo escutar um CD do Daniel pra criar um clima?

14 de out de 2009

Corporative Situations...

Segundo dia no novo escritório e a gatinha daqui já ta de tpm pro meu lado...

Eu devo ter jogado merda na cruz

Calma

Pensa na praia

Mãos embaixo da agua



Segurando a cabeça da vadia...

Ela se afogando e se debatendo

O ar acabando

O por do sol

Porra eu adoro praia

13 de out de 2009

Ditando tendências, criando moda: a contemporaneidade do Fadarobocoptubarão

A Mortal Agony, banda alemã de grindo, não suportando o sucesso de nossa bem-sucedida demo bem falada aqui e aqui, resolveu partir para o ataque e criar o que seria a Terceira Guerra Mundial da música.

VERSUS

Além de mal vestidos e portadores de sobrenomes impronunciáveis, a Mortal Agony copiou na tora o conceito artístico de nosso disco, o que deixou Rick Bonadio, nosso produtor artístico e mentor da banda de cabelo em pé ("Vou enfiar um processo no formato de uma suástica no cú desses gringos filhos da puta", foi o que disse Rick).

Gostariamos de esclarecer que nós não apoiamos qualquer tipo de alusão a dobermmans (escrito com dois emes) na música de terceiros. Esse é um direito exclusivo de nossa banda, e que qualquer um que citar o nome dessa raça de lobos em música, disco, clip, álbum de figuras, biografias, camisetas, shows, reality shows, programas de auditórios, revistas de fofocas, propaganda de refrigerantes, brigas judiciais ou qualquer outra coisa relacionada a música, será severamente punido ("Se alguém roubar minha idéia de novo vou matar igual eu fiz com os Mamonas: eu criei, eu destruo", novamente palavras de Bonadio).

Cuidado moçada, se querem fazer sucesso, arrumem seus próprios produtores, não roubem as idéias do nosso.

Obrigado

FIQ 2009 - O fim

Ontem Foi o ultimo dia do FIQ.
Um momento muito triste e o começo da espera para o próximo.



Se tivesse que definir com poucas palavras assim seria:
Drogas lícitas, piadas com piru e muita viadagem.

Agradecemos a todos pela participação, paciência e alcoolismo.
E que venha 2011!

9 de out de 2009

Revista Tarja Preta

Pra começar.



Se você não conhece esta revista, amigue, sua vida deve ser ruim pra bosta.
Nunca ouviu falar de Matias Maxx? Você devia morar numa colonia amish né?
Matias Maxx, pode não te conhecer, mas já está dando em cima da sua mulher, mãe, amiga, namorada e na sua prima que é Freira. O lek é siniiixto.




História da revista em uma frase.

Tarja Preta - Uma boa desculpa para se comer alguém desde 2004

O que espera do FIQ deste ano?
Vender todo o estoque e torrar tudo por lá mesmo em alcool e mulheres fáceis!

Opinião sincera sobre BH.
Uma cidade cheia de mulher aonde as pessoas almoçam em botecos!

Um amor, um ódio e uma punheta inesquecível.
Toda nite que eu saio me apaixono por alguma mina, odeio o cara que tá com ela e dedico uma bronha pra ela em casa!

Qual famoso global que gostaria de ver morto.
o Selton Mello, além do cara estar em todos os filmes e comerciais possíveis ele tentou manchar o nome de nossa família com um programa de merda no canal brasil. Ok! ninguém assiste aquela merda de canal mesmo...

Baile das Revistas Dependentes

Quem foi, foi.
Quem não foi, só daqui a dois anos...


Veja as fotos da festa de ontem, relembre os melhores momentos ou fique puto por não ter passado por lá.

Grupo Porco de Grindcore Interpretativo




O Excêntrico Jerônimo Johnson Homem-Banda




Quebraqueixo




Pequena Morte




Hoje o Batista e o Porco, tocam novamente na Obra com o conjuncto musical Fadarobocoptubarão, no aniversário do Coletivo Pegada.