7 de set de 2009

Garimpo terceira noite

E o terceiro dia do Garimpo surpreendeu. Quando cheguei lá o Pereira tinha dito que hoje era um show pras viívas do Violins, e que deveria ter umas 5 pessoas se emocionando durante o show. Bem, basta dizer que ao invés de 5 viúvas haviam um puteiro emocionado, e que foi o show mais comovente e intenso. Wado e Mopho foram sublimes, Violins foi intenso.

Noitão começou com Bluesatan, de BH. Não vou falar sobre, não sei o que dizer. Tem um vídeo aí embaixo, fique a vontade



Depois o Rockz veio com dança, bom-humor, letras sagazes, guitarras pra caralho, bateria correndo atrás e baixo preciso. Tô planejando, o hit do último disco, nem foi a música mais curtida, de tanto que todas são legais. O show é redondo, fechado, divertido. Um brinde!



Por fim, após seis anos, Violins no palco. Ninguém sabia o que esperar, um monte de gente histérica (tipo fã de Legião ou Los Hermanos, sério, tinha um cara que se emocionava e beijava a namorada, depois empurrava ela e pulava e cantava e depois agarrava ela de novo, hilário), e começa. Passeio por todos os discos em português com privilégio para os dois últimos discos, incluindo uma música nova (abaixo) e biz com Cupertino só na guitarra. A primeira etapa do Garimpo foi fantástica!



Semana que vem volta a maratona com shows na sexta e sábado. Mais durante a semana.