22 de set de 2010

A lógica do cabelo

"Há em média 3 milhões e meio de fios capilares em uma pessoa adulta e crescem em média 1 cm por mês."



Só existe um Carlos Blanka.


Não vou me aprofundar sobre o passado.
Quem sabe, sabe. Quem não sabe, foda-se.

Viver o momento, intensamente, sempre em auto-reflexão exige muito, mas não critico os pobres mortais de mente limitada com qual convivo.


Parei para pensar na lógica do meu cabelo. Do cabelo em geral.


Noto que algumas pessoas sem cabelo parecem ficar loucas. Sem os fios da cabeça ficam loucos.
Isso não é provado mas se fosse, raspar a cabeça antes de confinarem humanos seria algo totalmente idiota.


Por sorte nunca passei por isso. Javalis não sabem usar navalhas. Eu sei usar e os guardas da Shadaloo sambem disso. Não tenho barba. Na verdade apenas uma penugem fina e ruiva sobre o meu rosto. Eu deixo e não raspo. Uma vez resolvi descolorir e não deu certo, ficou artificial.

Com essa introdução feita já consigo ter segurança em lhe falar, o cabelo tem uma lógica conflitante de auto ajuda que supera a compreensão do ser humano normal.

Todo o fluxo da vida e a existência exemplificados em cima da nossa cabeça o tempo todo.

O cabelo e a vida seguem a crescer sem rumo, mudam durante o caminho, menos e mais, é tudo muito próximo, até chegamos num pinto interessante.

É para a maioria das pessoas da grande são paulo, eu estou falando, vocês aí do Brooklin, entre os prédios, comedores de PF, os bem sucedidos que podem deixar o cabelo crescer.

Você que sabe que o cabelo grande faz a diferença, combina com seu estilo e projeta o que você quer que as pessoas entendam, você e a atitude andam de mãos dadas numa grande ciranda de mongolismo e aventura eco-sustentável-cultural que agrega valor por caminhos diferente daqueles que possuem religiões humanas.

Sigo uma religião animal do Javali, é difícil explicar para um humano sem vivencia 200% animal, o importante é que isso não faz diferença e todos os filhos de deuses morrem não importa se são porcos ou humanos.

Merda é merda, vida é vida e morte e morte.
Você deixa crescer (cabelo/vida), ate chegar no ponto em que as pessoas percebem o que você está fazendo.



Corta pra crescer ou deixa e passa um tempo esquisito?
O objetivo será alcançado, você que faz o caminho.

Foca na reflexão.
Blanka Hugs

Nenhum comentário: