5 de dez de 2009

Lucas Santtana em BH

O FETO teve a manha!

Calma, calma, o feto aqui não é aquele monstrinho que cresce na barriga da mamãe, da namorada, ou na sua (caso você seja uma leitora), estamos falando aqui do Festival de Teatro Universitário que agitou BH em novembro.

Na real não agitou porra nenhuma, eu mesmo não conheço ninguém que frequentou a parada, o que só me reforça que o teatro é uma arte menor, se universitário pior ainda, e ninguém tem real interesse nisso, a não ser os próprios atores(hehe), diretores(hahaha), autores(husahasihasia) e críticos de teatro(kkkhuashuaskkkkhuashaskkasas).

Mas apesar de a parada ser sobre teatro, a produção brilhou em não chamar bastiões da babaquice como Teatro Mágico, Falcatrua e Tom Zé. Antenados, descolados e com muito bom gosto chamaram o dono do melhor disco do ano, o brasileiro Lucas Santtana pra tocar os som dos Sem Nostalgia pra nóis dançar.

Em meio a universitários e fãs/praticantes de teatro, Porco e eu nos sentimos em casa, pois ele é um ez-tilelê com quedas dia-sim-dia-não, e eu sou viado.

Senhoras e senhores, Recado para Pio Lobato, nas mãos do maior artista vivo do mundo, agora que MJ se foi.



Fodão né não?

Não deixe de seguí-lo, anota aí: @diginois.

Nenhum comentário: