28 de nov de 2008

Monstrinho...

[ Em que momento o humor deixa de ser divertimento e passa a expressar uma opinião latente e conservadora? ]

[ Porque não conseguimos lidar com as escolhas dos nossos semelhantes? ]

[ Porque não aceitar o outro como ele é, deixar viver e seguir em paz? ]



[ No final das contas o que importa é o amor... ]



[ Larga a gúria e vem me amar Camelo! ]

Nenhum comentário: